28 de jul de 2012

FILME: KARATE KID muito bom



EU ADOREI ESTE FILME.
ELE MOSTRA A CHINA EM SUA BELEZA, E DÁ UM UP PARA QUEM ESTÁ DEPRIMIDO.
VALE A PENA VER ESTA NOVA VERSÃO.

FOI DURANTE A REVOLUÇÃO FRANCESA...

Foi durante a Revolução Francesa em 1790. A Igreja era perseguida. Padres e Freiras eram presos e executados na guilhotina.

P. Fourier estava sendo caçado pela polícia. Disfarçado de empregado, continuava exercendo seu ministério às escondidas.
Uma tarde muito fria, visitando uma família, assentou-se descontraidamente junto ao fogão para se aquecer. Nisto irromperam alguns soldados porta adentro gritando:
.
- Estamos procurando o vigário. Ele entrou aqui. Temos certeza.
A dona da casa, uma camponesa reforçada, num gesto inspirado chegou-se ao vigário, aplicou-lhe sonora bofetada e disse enérgica:
- Empregado preguiçoso! Dê lugar a esses senhores. E fora, ouviu? Vá cuidar da sua obrigação lá no curral.
.
Depois voltando-se para os soldados:
- Desculpem meu nervosismo. Esses empregados de hoje…
Os soldados tomaram chá quente oferecido pela mulher e saíram resmungando:
- Onde esse Federico se escondeu, hein?
.
Mais tarde o padre comentava rindo:
- Poxa! As mãos da boa mulher não eram nada femininas. A bofetada foi tão forte que vi estrelas.
Assim faz Deus conosco. Usa de energia para nos salvar.

FONTE: APOSTOLADO DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

DICA: 8 MANEIRAS DE DESMASCARAR UMA MENTIRA

Uma pessoa conta, em geral, três mentiras a cada dez minutos. É o que afirma o estudo realizado por Robert Feldman, professor de psicologia da Universidade de Massachusetts, nos Estados Unidos, e autor do livro "Quem é o mentiroso da sua vida?". A pesquisa indica que recorrer a inverdades é questão de hábito e uma forma de manter o bom convívio social.

O especialista em segurança eletrônica e autor do livro "Mentira - um rosto de muitas faces", Wanderson Castilho, reforça o coro. Segundo ele, é praticamente impossível um ser humano viver em sociedade sem usar a ferramenta da mentira em algum momento da vida.

"Quem diz que nunca mente está mentindo. Há muitos motivos para mentirmos, entre eles quando somos movidos pela vergonha ou pelo orgulho. Em outros casos, é provável que mintamos para atenuar o impacto que a verdade teria. Ou seja, mentimos para evitar magoar pessoas com quem nos importamos, ou para evitar situações embaraçosas", explica o profissional, que foi o primeiro brasileiro certificado pelo Instituto de Treinamento em Análise de Comportamento (Behaviour Analysis Training Institute - BATI), em San Diego, EUA.

Tipos de mentira

Em seu livro, Wanderson Castilho afirma que nos relacionamentos amorosos as pessoas mentem mais quando há preocupação e desconfiança em excesso por parte do outro. Para ele, a insegurança gera desconforto e dificuldade em revelar a verdade. A obra ainda aponta que flertes e atração por outras pessoas, contatos e amizades, nível de comprometimento, fantasias sexuais, traição, satisfação sexual e aparência também são assuntos que o casal costuma esconder do parceiro.

Já no ambiente de trabalho, o especialista aponta que as mentiras mais comuns são relacionadas a atrasos, trabalhos não realizados ou aptidões exageradas.

"Realizei cerca de duzentas entrevistas com diversos tipos de pessoas, e a partir daí estabeleci perfis e comportamentos típicos de mentirosos. A conclusão foi que homens e mulheres mentem na mesma proporção. Enquanto as mulheres tendem a mentir fazendo referência a acidentes ou fatos tristes de suas vidas, os homens costumam contar vantagens. Muitos aumentam ou inventam feitos profissionais, pessoais e sexuais", avalia o especialista.

Há quem acredite que algumas mentiras são necessárias para manter o convívio social. Em alguns casos, recorrer a dissimulações pode ser considerado sinal de educação, já que muitas vezes a verdade nua e crua tende a ser interpretada como grosseria. Inclusive existe um termo para quando a realidade é deturpada sem malícia, são as "mentiras brancas".

Para Wanderson, a mentira é, para a mente humana, uma grande arma de preservação social. "Do ponto de vista psicológico, a mentira é um ato instintivo de preservação, tal qual a dor ou a febre são do ponto de vista fisiológico. Sem ela a sociedade entraria em colapso. Imagine um marido que tem muitos amigos e habitualmente toma as decisões sobre como usar o tempo livre. Se a mulher não quiser acompanhá-lo poderá recorrer a uma desculpa qualquer, como trabalhar até mais tarde, para se livrar do compromisso, sem magoar quem ama", exemplifica.

A mentira é aprendida na infância

As técnicas de dissimulação geralmente são aprendidas pelas crianças desde cedo. Um exemplo é quando os pais repreendem a frustração demonstrada pelo filho ao receber um presente que não o agradou. Os responsáveis costumam obrigar o pequeno a agradecer, quando notam algum desapontamento na criança. E isso pode ser considerado uma forma de estimular a mentira social.

"Nada justifica uma mentira, seja qual for a sua intenção. E as crianças precisam ser ensinadas a sempre a dizer verdade. Este aprendizado acontece progressivamente ao longo da infância e os pais são os principais mestres. Os filhos se espelham muito mais em suas atitudes do que em suas palavras. Pais que usam sempre da verdade, que assumem a responsabilidade por aquilo que fazem e dizem, criam filhos responsáveis e éticos. Só se ensina aquilo que se é", aconselha Wanderson.

Reconheça uma mentira

De acordo com o especialista em segurança eletrônica, poucas pessoas estão preparadas para identificar um mentiroso no dia-a-dia. É preciso treinamento e prática para melhorar a capacidade de "ler" os sinais da mentira. O profissional ensina que para reconhecer uma dissimulação da verdade é preciso entender o comportamento padrão da pessoa, prestar atenção no que ela diz, nos pequenos movimentos do rosto (micro expressões faciais), no corpo e nas variações do tom da voz.

"Nosso cérebro não aceita a negação. Quando a pessoa mente, está negando a verdade, e alguma parte da sua expressão facial ou do corpo vai denunciá-la. Aspectos como frequência do piscar de olhos, uso das sobrancelhas para dar ênfase a alguma parte da conversa, posição das mãos e das pernas, rigidez do ombro, e aspecto da testa e da boca são alguns exemplos de atitudes que podem denunciar a mentira", ensina o especialista.

Para ajudar você a identificar um mentiroso, Wanderson Castilho listou abaixo 8 dicas simples de observação. Confira:

1- Lábios: morder ou lamber os lábios pode ser um forte indício de mentira.
2- Voz: quem mente fica com as cordas vocais mais esticadas que o normal, deixando a voz mais fina e fraca. Para compensar, a pessoa tenta falar mais alto.
3- Olhar: o mentiroso desvia o olhar enquanto conta a sua mentira e depois passa a olhar atentamente, querendo observar se conseguiu enganar.
4- Secura: em função de uma reação da adrenalina, o mentiroso fica com a garganta e boca secas, sendo comum se engasgar ou engolir seco.
5- Encobrir parcialmente a boca: traduz uma vontade de amordaçar-se. Tende a ser um gesto rápido, porque exprime um conflito: uma parte do mentiroso não quer calar-se - e sim continuar com a sua mentira.
6- Tocar o nariz: em momentos de tensão a sensibilidade da mucosa nasal aumenta. Assim, ao mentir, o nariz coça, embora possa ser uma sensação tão suave que mal se perceba.
7 -Ombro: erguer levemente um dos ombros.
8-Expressão facial falseada: quando somos genuínos, usamos os músculos faciais certos para expressar uma emoção. Num sorriso moderado e falso, não aparecem os pés de galinha, as bochechas não são levantadas e os olhos ficam menos apertados. Num sorriso real, mais músculos são utilizados e a pálpebra superior dobra-se um pouco sobre os olhos.






FONTE: PERSONARE


Se ainda assim não conseguiu identificar uma mentira, experimente fazer o contrário: estimule o interlocutor a falar a verdade. A dica é estabelecer proximidade na conversa. Segundo Wanderson, quanto mais próximo você estiver fisicamente, mais dificuldade a pessoa terá de mentir.

FIM DE SEMANA MARAVILHOSO À TODOS



27 de jul de 2012

DICAS: O USO DOS PINGENTES DE SAL GROSSO FUNCIONA?

Tem sido cada vez mais comum a presença de pingentes de sal grosso enfeitando os pescoços e os pulsos das pessoas. Geralmente usados em cordões e pulseiras, esses enfeites costumam, mais do que embelezar, serem usados como uma espécie de "amuleto" de proteção. Mas será que essa moda realmente protege as pessoas de energias negativas?

O sal grosso é, na verdade, um cristal de sal. O cristal é uma formação específica e organizada dos elementos, como átomos, moléculas ou íons, em um padrão tridimensional bem definido, que se repete formando uma estrutura com uma geometria específica. Visto no microscópio, o sal grosso revela que é um cristal, formado por pequenos quadrados ou cubos achatados.

E os cristais têm propriedades específicas e especiais. Essas pedras podem ser usadas para equilibrar, energizar, limpar e harmonizar nosso campo energético. O cristal de sal - ou o sal grosso - não é exceção. A mais conhecida característica do cristal de sal é sua propriedade de absorção do excesso energético. Usamos para neutralizar os campos eletromagnéticos negativos ou, como são mais conhecidas, as "energias negativas".

No Japão, o sal é considerado um purificador poderoso. Tradicionalmente os japoneses jogam sal nas soleiras das portas sempre que uma visita menos bem-vinda vai embora. O objetivo é limpar a carga energética que a pessoa pode ter deixado na casa.

Aqui temos o banho de sal grosso e o antigo escalda-pés (mergulhar os pés em água bem quente, misturada com sal grosso), que têm o poder de neutralizar a eletricidade do corpo. Também é um ótimo jeito de relaxar e descarregar de um dia particularmente "pesado". E para espantar o "mau olhado" ou evitar visitas indesejáveis, algumas pessoas têm o costume de colocar uma fileira de sal na soleira da porta ou um copo com água e sal grosso do lado esquerdo da entrada.

Uso dos pingentes pede moderação

Bom, então isso significa que usar um pingente de sal grosso vai limpar seu campo energético? Sim, mas não todo dia e nem toda hora. O cristal de sal é tão eficiente que acaba descarregando demais a energia da pessoa, quando usado em excesso. Precisamos nos limpar de influências negativas, mas, ao mesmo tempo, precisamos nos energizar também. Para isso, use seu pingente quando e onde ele será realmente útil. Depois disso, reponha suas energias, por meio do uso de cremes de ervas (sugiro o alecrim) ou outro cristal ou pedra que energize e esteja de acordo com o que você busca no momento.

Outra opção para se reenergizar depois de usar o pingente de sal grosso é preparar um banho verde de alecrim. Separe de dois a três galhos da erva e lave-os bem. Em um recipiente de vidro ou porcelana (evite aqueles feitos de ferro, alumínio ou plástico, para que não interfiram nas propriedades do alecrim) coloque dois copos cheios de água mineral ou do filtro, e desfolhe o alecrim dentro da água. Depois pegue um punhado do alecrim e esfregue a erva até a água ficar verde. Pronto! Tome seu banho normalmente e, por fim, jogue a mistura verde de alecrim pelo corpo. Se quiser, coe a mistura antes de jogá-la no corpo. Você vai sentir se mais leve e energizado. O banho pode ser feito até uma vez na semana.

RECEITA: SALADA DE MORANGO

Ingredientes
•1 xícara (chá) de morangos limpos
•1 manga
•200g de kani kama
•1 pé de alface americana
•1 xícara (chá) de rúcula
Molho

•3 colheres (sopa) de azeite
•1 colher (chá) de gengibre em pó
•2 colheres (sopa) de vinagre
•1/2 xícara (chá) de água
•2 colheres (sopa) de maisena
•1 colher (sopa) de molho inglês
•Sal a gosto
Modo de preparo

•Corte os morangos em quatro e a manga em filetes.
•Desfie o kani kama.
•Monte a salada com as folhas de alface, a rúcula, as frutas e o kani kama no centro.
•Bata todos os ingredientes do molho no liquidificador e sirva à parte.


Fonte: http://www.comidaereceitas.com.br/saladas/salada-de-morango.html#ixzz1tQoGYFWa

ORAÇÃO: NOVENA À SANTA RITA DAS CAUSAS IMPOSSÍVEIS

Acender 1 vela branca durante 9 dias.


Rezar 1 Pai Nosso e 1 Ave Maria, fazer um pedido necessário, um de negócio e um impossível, rezar todos os dias com a mesma vela branca que foi acesa no primeiro dia.



Acender a vela, rezar e apagar, sucessivamente durante 9 dias, no 9 dia deixar queimar a vela e publicar.



Mesmo não acreditando seus pedidos serão realizados.

SIMPATIA: PARA AFASTAR PESSOAS E COISAS NEGATIVAS



Uma erva muito conhecida, nativa do Mediterrâneo, limpa sua aura afastando olhares invejosos impregnados nela. Estou falando da delicada Arruda. Delicada porque se qualquer pessoa com olhos de poder fixá-la mesmo que seja por segundos ela já se ressente e começa a murchar.
No tempo dos piratas, os mesmos já conheciam seus poderes pois misturavam alho, arruda numa bacia de vinagre para evitar o escorbuto a bordo de suas naus, quando partiam para fazerem seus saques. Antes de qualquer ataque, o capitão fazia com que seus homens, mesmo aqueles que ficavam a bordo, fizessem bocejos e gargarejos com esta mistura; assim eles iam confiantes para cada pilhagem e roubo bem planejado sem medo de contrair a doença.
A arruda tmbém faz uma massagem em sua aura como uma limpeza de uma mãe na pele de seu bebê. Não é exagero. É assim que a planta se sente. Experimente um banho de arruda (planta) voce vai gostar. Não se esqueça de pedir licença para a planta não se entristecer. (Conselho de quem entende...)

ERVAS CURATIVAS: LOSNA



Losna: Emprega-se nos abô e nos banhos de descarrego ou limpeza dos filhos do orixá a que pertence. É usada pela medicina caseira como poderoso vermífugo, mais particularmente usada na destruição das solitárias, usando-se o chá. É energético tônico e debela febres.

VÍDEO: RESCUED BABY HUMMINGBIRD




Enviado POR kandwarf in 16/05/2010
READ FULL DESCRIPTION!!
This is a baby hummingbird I rescued after it was attacked.
The song is "Better Together" by Jack Johnson.
UPDATE!!! when she thought she was ready to leave (and she was) she flew off to her favorite patch of the back yard, and her instincts instantly kicked in, and now she's just like all the other hummingbirds. for those that are concerned that she has imprinted on humans and wouldn't survive in the wild, don't worry, she is thriving. she has even successfully migrated and returned back to my yard. and for those who think i didn't know what i was doing, i did NOT feed her plain sugar water. i went outside 3 times a day and caught flies from my compost bin in big bags, crushed them, and mixed them in as well. I also helped her learn to catch flies while flying (not in the video because you obviously wouldn't be able to see the flies). in the end, i don't think it could have worked out any better
Leia a descrição completa!
Este é um beija-flor, baby, eu resgatado depois de ter sido atacado.
A música é "Better Together", de Jack Johnson.
ATUALIZAÇÃO! quando ela achou que estava pronto para sair (e era), ela voou para a sua correção favorito do quintal, e seus instintos de imediato, chutou, e agora ela está apenas como todos os outros beija-flores. para aqueles que estão preocupados que ela gravou em seres humanos e não sobreviveria na natureza, não se preocupe, ela está prosperando. ela tem mesmo migrado com êxito e voltou para o meu quintal. e para aqueles que pensam que eu não sabia que eu estava fazendo, eu não alimentá-la de água com açúcar simples. i saiu 3 vezes ao dia e pegou moscas da minha caixa de adubo em sacos grandes, esmagados, e misturou-as tão bem. Eu também a ajudou a aprender a pegar moscas durante o vôo (não no vídeo porque obviamente você não seria capaz de ver as moscas). no final, eu não acho que poderia ter trabalhado melhor a qualquer
*Tradução Google
**FONTE:http://www.youtube.com/watch?v=LvrcdQWzH-8&feature=plcp

26 de jul de 2012

ERVAS CURATIVAS: JUCÁ



Jucá: Não tem emprego nas obrigações de ritual. No uso popular há um cozimento demorado, das cascas e sementes, coando e reservando em uma garrafa, quando houver ferimentos, talhos e feridas.

RECEITA: SALADA NUTRITIVA

Ingredientes
•1 maço de alface americana
•1/2 maço de alface crespa
•1/2 maço de alface roxa
•1/2 maço de agrião limpo e seco
•1 xícara (chá) de palmito em rodelas
•1 pepino japonês fatiado
•15 tomates cerejas
•1 cenoura ralada
•1 xícara (chá) de ervilhas frescas aferventadas
Molho

•1/2 xícara (chá) de azeite
•4 colheres (sopa) de mostarda
•Suco de 2 limões
•3 colheres (sopa) de mel
•Sal a gosto
Modo de preparo

•Em uma saladeira grande, distribua as folhas de alface e cubra com o agrião.
•Espalhe o palmito, o pepino, os tomates, a cenoura e as ervilhas.
•Em uma tigela, misture os ingredientes do molho batendo bem com um garfo.
•Espalhe sobre a salada, misture levemente e sirva em seguida.

VÍDEO: SHAMBOO WONKATONKA

UM DOS MAIS BELOS HINOS WOKATONGA (OLIVER SHANTI)

ORAÇÃO AOS ILUMINADOS DA CHAMA VERDE

Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou !
A chama verde, da verdade, cura, consagração e concentração dos Elohins: Vista e cristal, Mestre Hillarion, Palas Atena, Arcanjos: Rafael e Mãe Maria e suas legiões de anjos em atividade em meu benefício e de toda a humanidade, agora e sempre.
Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou ! (3 vezes)

ERVAS CURATIVAS: LIMÃO-BRAVO



Limão-bravo: Tem emprego nas obrigações de ori e nos abô e, ainda nos banhos de limpeza dos filhos do orixá. O limão-bravo juntamente com o xarope de bromofórmio, beneficia brônquios e pulmões, pondo fim às tosses rebeldes e crónicas.

SIMPATIA: PARA FALAR COM SEU ANJO



Se voce precisa de uma mensagem peça para seu próprio anjo. Faça assim: acenda uma vela vermelha e outra vela branca do mesmo tamanho. Não é necessário que seja de seu tamanho, não, viu?!
Ofereça a seu anjo da guarda pedindo que ele lhe envie uma mensagem ou uma resposta a uma pergunta específica, lendo em seguida o salmo número 1 da Bíblia. A resposta virá ao término das velas através da cera derretida que o anjo usará para formar algo.
Voce interpretará como se fosse a imagem de um sonho. Fale com seu anjo melhor amigo. É divertido!

25 de jul de 2012

SIMPATIA CONTRA SARNA







ACABAR COM SARNA

Pegue uma lamparina a querosene e acenda-a diante de um espelho.
Sempre que a sarna se manifestar e coçar, apague a lamparina e esfregue O pavio encharcado no local afetado, evitando coçar.










Acenda em seguida o pavio novamente.










Repita isso até se ver livre do problema.










Deixe o querosene atuar no local por sete minutos,










Depois lave com o sabonete apropriado.

ERVAS CURATIVAS: JATOBÁ - JATAÍ



Jatobá – Jataí: Erva poderosa, porém sem aplicação nas cerimónias do ritual. Somente é usada como remédio que se emprega aos filhos recolhidos para obrigações de longo prazo. Óptimo fortificante. Não possui uso na medicina popular.

RECEITA: BOLO MOUSSE DE MARACUJÁ DIFERENTE

Ingredientes
•4 ovos
•1 xícara (chá) de leite
•1 colher (sopa) de manteiga derretida
•1 xícara (chá) de açúcar
•2 xícaras (chá) de farinha de trigo
•1 colher (sopa) de fermento em pó
•Margarina e farinha de trigo para untar e enfarinhar
Recheio e cobertura

•2 latas de leite condensado
•1 lata de creme de leite
•1 lata de suco de maracujá concentrado (use a lata de leite condensado vazia para medir)
•2 polpas de maracujás
•2 colheres (sopa) de açúcar
Modo de preparo

•Na batedeira, bata os ovos e o leite.
•Acrescente a manteiga, o açúcar, a farinha e o fermento em pó e bata até ficar homogêneo.
•Despeje em uma fôrma retangular untada e enfarinhada e leve ao forno médio, preaquecido, por 35 minutos ou até assar.
•Bata no liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o suco de maracujá e reserve.
•Em uma panela pequena, leve ao fogo médio a polpa de maracujá e o açúcar até formar uma calda.
•Corte o bolo ao meio na horizontal e recheie com metade do mousse.
•Cubra o bolo com a mousse restante e coloque a calda por cima.
•Se desejar, sirva gelado.

ORAÇÃO AO ELOHIN HÉRCULES

Eu Sou a vontade de Hércules em irradiação
Eu Sou a vontade de Hércules em expansão
Eu Sou a vontade de Hércules em manifestação
Eu Sou a vontade de Hércules em irradiação
Eu Sou a vontade de Hércules em expansão
Eu Sou a vontade de Hércules em manifestação
Eu Sou a vontade de Hércules em irradiação
Eu Sou a vontade de Hércules em expansão
Eu Sou a vontade de Hércules em manifestação
Eu Sou a vontade, a força e a proteção de Hércules renovadas em mim
e em toda humanidade a cada hora
Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou !

24 de jul de 2012

A MAN WITHOUT LOVE ENGELBERT HUMPERDINK

PARA OS ROMÂNTICOS!!!



ADOREI DE VERDADE, MAS É TRISTE!



BEIJOS À VOCÊ!

SIMPATIA: PARA LIMPAR ENERGIAS NEGATIVAS



Em primeiro lugar, não confunda alfazema com lavanda. A lavanda te proporciona um espírito tranquilo, para acalmar seus nervos.
Agora, se você está sentindo uma fraqueza pelo corpo, com enxaqueca e tendo tontura sem motivo aparente, e você for uma antena que capta todo tipo de energia ruim, você pode ter adquirido um amigo invisível que está deixando você assim. Ou se você sente uma mágoa tão profunda que você não consegue mais nem falar dela, você está precisando do carinho da alfazema pois ela destrói larvas astrais. Ela vai limpar a sua aura e tudo à sua volta e este amigo indesejável vai sair correndo pois estas entidades não suportam nenhum tipo de perfume. A alfazema também vai fazer com que você veja as coisas com mais clareza e tome decisões com a mente mais desanuviada.
Faça um banho em uma 2a feira. Se for possível, arrume um travesseiro, destes que se vendem nas casas de ervas, com alfazema. Seus sonhos e o seu sono serão mais tranquilos. Aproveite.

RECEITA: TORTA GELADA DE LEITE CONDENSADO DIFERENTE

Ingredientes
•1 bolo pronto tipo Pullman sabor chocolate (250g)
•1 envelope de gelatina em pó incolor sem sabor
•5 colheres (sopa) de leite
•2 latas de leite condensado
•2 xícaras (chá) de sorvete sabor creme
•2 latas de creme de leite
•1 1/2 xícara (chá) de chocolate branco picado
•Raspas de chocolate branco e ao leite para decorar
Modo de preparo

•Corte o bolo em fatias grossas e forre o fundo de uma fôrma de aro removível de 20cm de diâmetro.
•Polvilhe a gelatina sobre o leite e deixe hidratar por 5 minutos.
•Leve ao fogo baixo para dissolver, sem deixar ferver.
•Bata no liquidificador com 1 1/2 lata de leite condensado, o sorvete e 1 lata de creme de leite até homogeneizar.
•Despeje na fôrma e leve ao congelador por 2 horas até firmar.
•Derreta o chocolate picado com o restante do leite condensado e o creme de leite no microondas em temperatura média por 2 minutos, mexendo na metade do cozimento ou até homogeneizar.
•Desenforme a torta e regue com a calda cremosa.
•Polvilhe com as raspas de chocolate.
•Mantenha na geladeira até a hora de servir.
Rendimento: 10 porções

ERVAS CURATIVAS: JAPECANGA



Japecanga: Não tem aplicação nas obrigações de cabeça, nem nos abô relacionados com o orixá. A medicina caseira aconselha seu uso como depurativo do sangue, no reumatismo e moléstias de pele.

ORAÇÃO AOS ILUMINADOS DA CHAMA RUBI

Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou !
A chama Rubi dos Elohins: Tranqüilitas e Pacífica, Mestra Nada Arcanjos: Uriel e Donna Graça e suas legiões de anjos, em atividade pela paz em toda a Terra, agora e sempre.
Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou ! (3 vezes)

23 de jul de 2012

RECEITA: FOCACCIA AO ALECRIM

Ingredientes
•600g de farinha de trigo
•25g de fermento biológico fresco
•400ml de água morna
•1colher (chá) de sal
•2 colheres (sopa) de açúcar
•140ml de azeite
•Sal grosso
•Alecrim fresco
Modo de preparo

•Na tigela da batedeira, dissolva o sal e o açúcar na água e junte 2 colheres (soa) do azeite e metade da farinha.
•Bata até obter uma massa homogênea e líquida.
•Acrescente o fermento esfarelado e bata por mais 3 minutos.
•Adicione o restante da farinha, enquante bate, até obter um composto homogêneo, meio grudento.
•Regue uma assadeira retangular com 3 colheres (sopa) de azeite.
•Em uma superfície lisa e polvilhada com farinha, trabalhe mais um pouco a massa e abra-a em um retângulo.
•Coloque-a na assadeira e leve ao forno desligado por cerca de 1 hora e 30 minutos, até dobrar de volume.
•Estique mais uma vez a focaccia na assadeira, para que fique achatada, salpique sal grosso por toda a superfície e deixe fermentar por mais 30 minutos.
•Aperte a facaccia com a ponta dos dedos, fazendo sulcos na massa.
•Regue com o restante do azeite e deixe fermentar por mais 30 minutos.
•Pulverize um pouco de áua sobre a mssa, salpique alecrim e leve ao forno preaquecido a 200C (alto) por 30 minutos ou até dourar.
Rendimento: 6 porções






SIMPATIA: MEDALHA PARA AFASTAR FEITIÇO



Pegue 1 medalhinha com a imagem do seu santo (ou santa) protetor, pendure em 1 corrente folheada a ouro ou prata, reze 1 Terço com ela na mão esquerda e, depois, use sempre junto do seu corpo. Obs: quando não puder usá-la, por alguma razão, carregue na bolsa ou no bolso do lado direito. O terço você deve deixar em uma igreja em agradecimento a Deus pela energia protetora que receberá.

ORAÇÃO AOS ILUMINADOS DA CHAMA ROSA

Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou !
A chama Rosa, do amor divino e adoração a Sanat Kumara, e Vênus, do Cristo Cósmico, do Mestre Jesus, do Maha Chohan, Mestra Nada, Elohins: Órion e Angélica, Mestra Rowena, Arcanjos: Samuel e Carity e suas legiões de anjos em atividade pela libertação de toda a humanidade, agora e sempre
Eu Sou ! Eu Sou ! Eu Sou! (3 vezes)

VÍDEO: FUNNY LOOK ALIKES

PROCUREM AS SEMELHANÇAS... SÃO MUITAS, MESMO RSRSRSRS


ERVAS CURATIVAS: JAMBO-ENCARNADO



Jambo-encarnado: Aplicam-se as folhas nos abô, nas obrigações de cabeça e nos banhos de limpeza dos filhos do orixá do ferro. Tem uso no ariaxé (banho lustral).

22 de jul de 2012

WATEER TIME COMPILATION ZAPATOU

CURIOSIDADE: "SINCERA"

"SINCERA*
Postado por Anjo 11*11 em 8 julho 2012 às 23:44

.*SINCERA*
Você sabia que a palavra “sincera” foi inventada pelos romanos?
Eles fabricavam certos vasos com uma cera especial tão pura e perfeita,
que os vasos se tornavam transparentes.
Em alguns casos era possível distinguir os objetos guardados no interior do vaso.
Para um vaso assim, fino e límpido, diziam os romanos:
“- Como é lindo! Parece até que não tem cera! “
“Sine cera” queria dizer “sem cera”, uma qualidade de vaso perfeito, finíssimo, delicado, que deixava ver através de suas paredes.
Com o tempo, o vocábulo “sine cera” se transformou em sincero
e passou a ter um significado relativo ao caráter humano.
Sincero é aquele que é franco, leal, verdadeiro, que não oculta,
que não usa disfarces,
malícias ou dissimulações.
A pessoa sincera,
à semelhança do vaso,
deixa ver, através de suas palavras,
os nobres sentimentos
de seu coração.
Assim, procuremos a virtude da sinceridade em nossos corações.
Sim, pois na forma de potencialidade ela está lá, aguardando o momento em que iremos despertá-la, e cultivá-la em nossos dias.
Se buscamos
a riqueza do espírito,
esculpindo seus valores ao longo
do tempo, devemos lembrar
da sinceridade,
desse revestimento
que nos torna mais límpidos, mais delicados.
Por que razão ocultar a verdade,
se é a verdade que nos liberta da ignorância?
Por que razão usar disfarces, se cedo ou tarde eles caem,
e seremos obrigados a enfrentar as conseqüências funestas da mentira?
Por que razão dissimular, se não desejamos jamais ouvir a dissimulação na voz das pessoas que nos cercam?
Quem luta para ser sincero
conquista a confiança de todos,
e, por conseqüência, seu respeito,
seu amor.

Quem é sincero jamais enfrentará a vergonha de ser descoberto em falsidades.
Quem luta pela sinceridade é defensor da verdade do Cristo, a verdade que liberta.
Sejamos sinceros, lembrando sempre que essa virtude é delicada, é respeitosa, jamais nos permitindo atirar a verdade nos rostos alheios,
como uma rocha cortante.
Sejamos sinceros como educadores de nossos filhos.
Primemos pela honestidade, ensinando-lhes valores morais, desde cedo, principalmente através de nossos exemplos.
Sejamos sinceros e conquistemos as almas que nos cercam.
Sejamos o vaso finíssimo que permite a quem o observa
perceber seu rico conteúdo.
Sejamos sinceros, defensores da verdade, acima de tudo, e carreguemos conosco não o fardo dos segredos, das malícias, das dissimulações,
mas as asas da verdade que nos levarão a voos cada vez mais altos.
Por fim, lembremo-nos do vaso
transparente de Roma,
e procuremos tornar assim
o nosso coração.

LENDAS: A LENDA DE KOKOPELLI



A Lenda de Kokopelli

Era uma noite de outono, e nós estávamos sentados ao redor de uma fogueira, no alto das montanhas na Mesa Verde, quando eu vi pela primeira vez a figura de Kokopelli se aproximando da nossa aldeia. Ele tinha uma corcunda avantajada e vinha tocando sua flauta numa completa harmonia com o som das montanhas. Notamos imediatamente naquela figura o Deus Kokopelli, com sua flauta, corcunda e com suas características fálicas pronunciadas.

Sua flauta era confeccionada em osso, e ele a tocava pelo nariz. Segundo os anciões, as narinas possuíam poderes mágicos, pois o espírito entrava e saia do corpo por elas.

As estórias que eu escutava sobre nosso visitante, era que ele era um brioso Tolteca que chegou a Aztlán vindo do coração do México. Aztlán foi o local onde originou a poderosa Nação Asteca antes que ela construísse sua capital no meio de um lago, numa ilha conhecida hoje em dia como Cidade do México. A fronteira norte de Aztlán ficava ao sul do Colorado e cobria todo o vale do Rio Grande no Novo México. A fronteira norte de Aztlán era povoada pelas pacificas Nações dos Pueblos. Nós os Pueblos éramos fazendeiros e habitavamos as encostas das montanhas. Dependiamos dos Seres-Trovão e do Arco-Íris Rodopiante para alimentar as Três Irmãs (Milho, Abóbora e Feijão) que garantiam a nossa sobrevivência.

A música, suave e inspiradora, ecoava pela parede do desfiladeiro. A Mesa Verde estava repleta de habitação no alto da encosta, as fogueiras brilhantes ardiam, e todo o Povo olhava, maravilhado, observando Kokopelli transformar a música encantada de sua flauta de nariz numa poção milagrosa, que alimentava os corações dos jovens e velhos.

Kokopelli não tinha corcunda, pois sua corcunda estava sentada ao seu lado e devia ser a sua sacola de objetos sagrados e de cura que ele havia trazido para negociar. Sua flauta parecia brilhar à luz da fogueira, e ele empregava os reflexos do fogo e o som de sua música para hipnotizar todo aquele público.

Haviámos tido um ano de seca e havia pouca esperança que voltasse a chover. As penas do cocar de Kokopelli eram brilhantes e vermelhas de arara, que davam a ilusão de que o corpo se banhava na Chama Eterna da paixão e da criatividade. O Fogo da fertilidade que coroava sua cabeça também se irradiava de seu corpo enquanto se inclinava oscilante diante do fogo tribal. Ao terminar de tocar sua flauta, embrulhou-a como se fosse uma criança num pano brilhante e ofereceu à Grande Nação das Estrelas. Suas palavras alcançaram os recantos mais distantes do povoado.

- Esta flauta leva a música das Estrelas à Grande Mãe Terra, e convoca os Seres-Trovão a virem fazer amor com ela – gritou Kokopelli. – Esta união dará ao Povo uma criança que um dia conduzirá de volta às estrelas, através da Terra interior da qual todos vieram.

Uma lufada do ar gelado da montanha passou pelo meu corpo, subiu o desfiladeiro e foi atiçar as brasas do fogo tribal, causando um redemoinho que explodiu, enchendo o céu noturno de fagulhas que lembravam as estrelas. Os murmúrios de admiração saídos da boca do Povo ecoaram pela noite escura. Subitamente, a luz que os Seres-Trovão lançaram foi o suficiente para que todos vissem as massas do Povo Nuvem que já haviam se agrupado nos céus, em resposta ao chamado de Kokopelli. Uma vez mais o Povo gritou, espantado com a mágica realizada por esse Deus, Kokopelli. Até mesmo os bebês, que já estavam dormindo, acordaram para apreciar o espetáculo mágico de Kokopelli. Certamente a chuva, há muito esperada viria para alimentar as Três Irmãs (Milho, Abóbora e Feijão), e o Povo conseguiria sobreviver. Kokopelli recomendou que todos apanhassem seus potes de barro e recolhessem a água da chuva para usar futuramente. Os Trovejadores gritavam que a chuva ia começar.

Os Bastões de Fogo criaram um grande jogo de luzes antes que Trovão Retumbante quebrasse o silêncio da noite. Além deste som só se ouvia a corrida dos pés metidos nas sandálias de fibra de iúca subindo e descendo escadas em busca dos potes. Só uma jovem ficou parada, em pé, perto da praça principal. Ela olhava para cima e observava, maravilhada, os relâmpagos que iluminavam o céu noturno, enquanto os outros, a seu redor, não paravam de correr de um lado para o outro. Kokopelli olhou seu rosto tão maravilhado, bonito e inocente, e aproximou-se dela, ainda segurando a flauta como se fosse uma criança. A jovem demonstrava tanta serenidade que chamou a atenção de Kokopelli.

- Por que não foi buscar seu potes? – perguntou ele.
- Já estão lá em cima. – respondeu ela.
Kokopelli perguntou o seu nome, e ela respondeu:
- Chamam-me Flor da Neve do Clã de Inverno do Milho Branco.
- Por que é que seus potes já estão lá em cima, Flor de Neve? – perguntou ele.
- Porque sua flauta me chamou assim que você começou a subir o desfiladeiro e me revelou que você traria a chuva. – respondeu ela.
Kokopelli ficou intrigado. Nisto, ela olhou para ele e sorriu. Kokopelli lhe sorriu de volta. Tinha acabado de entender a sua mensagem.
- Então é você! – exclamou ele.

O Xamã do Clã da Águia começou a convocar o Povo para uma oração de Graças. Neste mesmo instante os primeiros seres do Povo da Chuva começaram a tocar os seios da Mãe Terra. Kokopelli pegou Flor da Neve pela mão e conduziu-a suavemente até a Fogueira. Todos os olhares do Povo observavam o casal, que se encaminhava para o centro da aldeia. Terminada a oração, Kokopelli colocou sua flauta nos braços de Flor da Neve, como se fosse um bebê. Este gesto significava que aquela mulher partilharia de sua música e de sua semente dali por diante.

A magia pairava no ar, e o filho desta união usaria a Magia do Corvo para ajudar o Povo a redescobrir o seu caminho de volto às estrelas. Segundo a lenda, os Pueblos vieram abrindo caminho do mundo interior, logo após a Criação. Enquanto isso, os espíritos de seus Ancestrais retornavam ao mundo interno até que soasse a hora de caminhar novamente pela Terra. Kokopelli revelou ao Povo que houve um momento antes da Criação em que cada pessoa era uma fagulha da Chama Eterna do Grande Espírito, que havia caído sobre a Terra para semear a Mãe com os seus pensamentos, idéias e ações férteis. Kokopelli também revelou que todos se tornariam Vagalumes na Grande Nação do Céu, no dia em que os sangues Tolteca e Pueblo se unissem em um só sangue.

Contam os Astecas que nove meses depois Flor da Neve deu à luz um menino, que se tornou um grande líder espiritual do Clã da Águia. A sua Magia de Cura consistia em unir o carinho de sua mãe ao poder de Fogo do seu pai. Aquele local, chamado de Mesa Verde, já está abandonado há alguns séculos. Portanto uma pergunta ficou pairando no ar: teria este Povo deixado a Mãe Terra para ir viver na Grande Nação das Estrelas? Se isto for verdade, a fertilidade e a abundância de Kokopelli continuam brilhando, até hoje, em nosso mundo, durante todas as noites do ano.
Hancoka Olawmpi (Canção da Meia-Noite)

Fonte- www.xamanismo.com
Por Mavi Hostettler/www.essencia.ning.com
imagens Internet

BOM DOMINGO COM MUITA PAZ