17 de set de 2011

receita: pudim de pão recheado, salgado

Ingredientes

6 pãezinhos amanhecidos picados
½ litro de leite quente
4 ovos
2 colheres (sopa) margarina
1 caldo de legumes
1 colher (café ) açafrão
Sal, pimenta e noz moscada a gosto

Recheio

1 xícara (chá ) mussarela ralada
1 xícara (chá) tomate seco picado
1 xícara (chá) linguiça fatiada e frita

Cobertura

1 xícara (chá) farinha de rosca
1 xícara (chá) parmesão ralado
1 colher (sopa) salsa picadinha
Manteiga e farinha de trigo para untar

Modo de preparo

Para a massa, coloque os pães em uma vasilha, cubra com o leite e deixe hidratar por 1 minuto.
Acrescente o restante dos ingredientes e coloque metade desta massa na assadeira untada e polvilhada, acrescente o recheio desejado e coloque o restante da massa.

Misture os ingredientes da cobertura e cubra com a farofinha crocante.
Leve ao forno quente (180º) coberto com papel alumínio por 45 minutos.
Tire o papel e deixe dourar por mais 10 minutos ou até dourar.
Tire do forno e sirva esta delicia com uma saladinha bem gostosa de folhas verdes.

16 de set de 2011

PASSO -A - PASSO PARA A MEDITAÇÃO


Continuando a postagem de ontem, hoje vamos aprender a meditar com alguns exercícios que a terapeuta Dalú de Azevedo ensina:

Se você quiser, pode anotar o que sentiu depois da meditação. Isso ajudará a você se conhecer melhor e saber onde precisa mudar para ter uma vida mais tranqüila e equilibrada.

Dalú diz que é necessário meditar sempre que possível: “Quanto mais você meditar, mais prática terá e sua percepção irá aumentando com o tempo”.

Vamos ao PASSO – A – PASSO

- Feche os olhos e volte a sua atenção para sua mente, com a intenção de observar seu mundo interior.

- Respire profundamente, porém de modo suave e foque sua atenção no movimento de sua respiração. Imagine o ar entrando por suas narinas, passando pelas vias respiratórias, chegando aos seus pulmões e se expandindo. Solte o ar lentamente. Perceba o movimento do ar em sua inspiração e expiração.
Quando respirar novamente, traga todo o ar para o abdome, sentindo sua barriga se expandindo no movimento. Depois esvazie lentamente o ar da barriga quando for expirar. Certifique de que todo o ar foi expelido.

- Ao soltar o ar, imagine toda e qualquer tensão, toda a sua raiva, magoas, tudo o que está te bloqueando saindo junto com o ar. Solte sua resistência e vá relaxando cada vez mais profundamente. Inspire o ar de novo e permita que ele vá preenchendo o espaço deixado por todos os sentimentos e pensamentos negativos que você soltou na expiração.

- Inspire novamente e conceda a si mesmo a oportunidade de entrar cada vez mais fundo em suas emoções de forma verdadeira a aberta. Respire profundamente e relaxe ainda mais. Perceba a sensação de paz e segurança. Sinta-se acolhido e protegido.

Inspire o novo, as novas maneiras de perceber, sentir e vivenciar sua vida. Perceba que para o novo entrar e se manter é preciso deixar ir o que não lhe serve mais, desapegando-se do que está velho. Então traga a sua intenção de se renovar e inspirando as novas possibilidades, percepções e experiências.

- Essa nova energia que está entrando em você é de paz e harmonia. Abra-se para perceber qualquer imagem, cena, percepção, sensação, emoção, qualquer sentimento que venha à tona. Não precisa se preocupar com nada nesse momento, apenas relaxe ainda mais.

- Agora agradeça a si mesmo por esta oportunidade de relaxar e entrar em contato com seu EU MAIOR e lentamente vá retomando a sua atenção paras o "aqui e agora”. Quando se sentir preparado, abra os olhos, completamente desperto e presente.

Para a terapeuta Dalú de Azevedo: ”A prática, no mínimo semanal, fará milagres em sua vida. Devemos sempre meditar, para que possamos nos conhecer verdadeiramente e relaxar, aceitando quem somos”.

Então? Gostou? Vou preparar algumas matérias voltadas para o autoconhecimento, muito eficazes!

Até lá!

RECEITAS: TARTELETE COM GANACHE DE CHOCOLATE

INGREDIENTES

300g de farinha de trigo
1 pitada de flor de sal (ou sal)
100g de açúcar
200g de manteiga
1 ovo


Ganache

200ml de creme de leite
35g de manteiga sem sal
50g de mel
200g de chocolate amargo ralado
50g de chocolate ao leite ralado
Coulis de cupuaçu

50ml de água
40g de açúcar
200ml de polpa de cupuaçu
2 folhas de gelatina

MODO DE PREPARO

Misture a farinha de trigo, o sal e o açúcar.
À parte, misture a manteiga e o ovo.
Em seguida, junte as 2 preparações e trabalhe com as mãos até obter uma massa.
Se essa ficar seca, acrescente um pouco de água.
Disponha em formas redondas de 5cm de diâmetro untadas com manteiga e farinha de trigo.
Asse em forno preaquecido, a 180C, por 10 minutos, ou até estarem ligeiramente douradas.
Resfrie e desenforme.

Ganache

Aqueça o creme de leite, a manteigae o mel até 80C.
Adicione os chocolates e mexa até derreter por completo.
Deixe repousar por 3 minutos.
Mexa bem.
A mistura deve ficar brilhante.
Reserve.

Coulis

Em uma panela, faça um caramelo cozinhando a água e o açúcar.
Acrescente a polpa de cupuaçu.
Deixe reduzir pela metade.
Hidrate a gelatina em água fria e acrescente-a à mistura de caramelo com cupuaçu.
Resfrie e reserve.
Coloque o ganache em cada tartelete.
Sirva no centro do prato com um risco de coulis de cupuaçu e sirva mais coulis à parte.

Rendimento: 12 porções


15 de set de 2011

O PODER DA MEDITAÇÃO


O mundo anda tão corrido. Temos que fazer tantas coisas ao mesmo tempo: ser mãe, pai, dona de casa, namorada, amante, profissional que acabamos esquecendo de nós, nosso verdadeiro EU.

Esquecemos de relaxar. Certo?


Bom, praticando meditação você pode encontrar um caminho que te deixe mais calma, diminui a ansiedade, fazendo com que você, querendo ou não, acabe relaxando.


 O exercício meditativo ajuda a distinguir sentimentos, crenças e pensamentos, contribuindo para que você faça escolhas melhores e mais conscientes ao longo da vida. E incorporar esse método no cotidiano pode ser tarefa simples. Para isso, basta encontrar um lugar calmo, onde não seja incomodado e tenha o mínimo possível de distrações.


Depois disso, deixe o ambiente acolhedor, ajustando a temperatura e a iluminação, por exemplo. Uma outra dica é perfumar o recinto com aromas ou incensos. A meditação pode ser praticada com a pessoa sentada ou deitada, dependendo de qual posição oferece mais comodidade e conforto. Não se preocupe caso, no começo, sua mente ficar divagando, deixando você distraído durante o exercício. Nesse momento é importante não criticar ou repreender a si próprio, apenas volte novamente sua atenção ao exercício, quantas vezes for preciso.


Vale lembrar que no caso de meditação guiada com áudio, o praticante pode parar ou voltar a gravação a qualquer momento, caso ache que precisa de um tempo maior para determinada reflexão. Se possível, coloque uma venda nos olhos para facilitar a interiorização e utilize um fone de ouvido. Aproveite o exercício para treinar sua mente a deixar as respostas chegarem de forma livre. Na meditação, não há certo ou errado, a regra é deixar a mente se expressar na forma de emoções, lembranças, imagens ou cores, além de perceber como tudo isso é despertado em você.


Amanhã eu ensino alguns exercícios que farão com que você relaxe e alcance uma paz interior, fundamental nos dias de hoje.
Até lá!

RECEITA: COPINHO DE MARACUJÁ

Ingredientes

2 latas de leite condensado
2 caixinhas de creme de leite
Suco concentrado de maracujá


Cobertura

1 xícara (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de água
½ xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
1 colher (sopa) bem cheia de maisena


Demais ingredientes

1 caixinha de chantily batido com 1/3 de lata de leite condensado
Gotas de chocolate ao leite

Modo de preparo

Coloque tudo numa bacia e mexa até incorporar tudo.

Cobertura

Coloque todos os ingredientes numa panela leve ao fogo e mexa até engrossar.
Coloque a mousse de maracujá em baixo, até mais ou menos a metade do copinho, uma camadinha de chantilly, a cobertura e algumas gotinhas de chocolate.



POESIA: "SEMPRE VIVEREI EM VOCÊ"















SEMPRE VIVEREI EM VOCÊ

Ninguém pode tirar
O que lhe pertence
Nem mesmo se você
Já não o queira mais.

O que se viveu, viveu,
Não dá pra apagar...
Mesmo que você diga que já
Esqueceu-se, a marca ficou,
Até em quem ficou pra trás!

Não importa o gosto metálico
Do medo, em seu sorriso mordaz.
É disfarce do sentimento
De quem ficou pra trás!

Não importa a corrente de ar
Passando por baixo da porta
Trazendo um perfume
De folha morta...

Eu sempre viverei em você,
E você em mim,
Tatuados um no outro
No eterno vai e vem

Do mundo. Mesmo distante
Você me sentirá no alvorecer
E eu lhe sentirei ao anoitecer
Não importa
A hora em que acontecerá!

Só importa a marca que ficou
Do nosso amor vivido,
Mesmo que não tenha tido
Um final resolvido,

Eu sempre lhe amarei,
E você me amará.

AUTORIA DE DALÚ DE AZEVEDO


RECEITAS: BOLO COM GLACÊ DE LIMÃO

Ingredientes

2 ovos
1 limão
140g de farinha de trigo
1 colher (café) de fermento em pó
5 gotas de baunilha
50g de manteiga
2 colheres (sopa) de rum
70g de gelatina de damasco (ou outra de sua preferência)
80g de açúcar de confeiteiro
Casca de cidra cristalizada pata decorar
Sal


Modo de preparo

Lave e seque o limão.
Rale fininho a casca e esprema o suco.
Peneire a farinha junto com o fermento.
Numa panela pequena, derreta a manteiga em banho maria.
Forre com papel manteiga uma fôrma de bolo inglês de 20cm de comprimento.
Numa vasilha, coloque os ovos, levemente batidos, a casca de limão ralada e uma pitada de sal.
Bata o composto por alguns instantes com um batedor de arame, incorpore a farinha peneirada, a manteiga derretida amornada, 1 colher (sopa) de rum e as gotas de essência de baunilha.
Misture até que a massa adquira uma consistência homogênea e despeje na fôrma.
Asse em forno preaquecido e 200C por 7 minutos, abaixe a temperatura para 180C e asse por mais 35 minutos.
Retire o bolo do forno, desenforme, descartando o papel manteiga, e coloque-o para esfriar sobre uma grade.
Regue-o no meio com outra colher (sopa) de rum e deixe esfriar.
Prepare a cobertura, diluindo o açúcar de confeiteiro com o suco coado do limão.
Dissolva a gelatina numa panela pequena em 1 colher (sopa) de água e espalhe-a sobre o doce.
Cubra o bolo com o glacê de açúcar de confeiteiro e guarneça com as cascas de cidra cristalizadas.
Leve ao forno a 250C por 20 segundos para fixar o glacê e sirva.
Rendimento: 6 porções

Tempo de preparo: 1 hora e 5 minutos

Dificuldade: Média



14 de set de 2011

POESIAS: TENHO MEDO






TENHO MEDO





NÃO ESGUEREI A VOZ,
NEM GRITAREI.
SIMPLESMENTE DIREI
QUE AMO O AMOR
QUE SINTO POR VOCÊ.

NÃO ERGUEREI A VOZ
PARA DIZER DO MEDO
QUE SINTO...
É VERDADE, EU NÃO MINTO,
COM MEDO DE LHE PERDER.

NEM GRITAREI
COM MEDO DE ADORMECER
E PERDER O QUE SINTO,
PARA AS BRUXAS DO SONO.

TENHO MEDO DO ABANDONO
DAS MINHAS FORÇAS, ESGARÇADAS
PELOS VENTOS, NA JANELA
DE MINHA ALMA AFLITA.

TENHO MEDO DO NADA
QUE ME ACOMPANHA!
TENHO MEDO DO SUOR
QUE ME BANHA

E DESSA SAUDADE ESQUISITA
QUE VEM E VAI
COMO AS ONDAS DO MAR
NUM CRESCENTE...VEM E VAI!

SEM DESTINO, SEM RUMO, SEM LAR !






AUTORA: DALÚ DE AZEVEDO

13 de set de 2011

RECEITAS: PAVÊ 5 LEITES

Ingredientes

1 lata de leite condensado
3 gemas peneiradas
1 lata de leite (use a lata de leite condensado vazia como medida)
1 colher (sopa) de amido de milho
1 xícara (chá) de doce de leite cremoso (comprado pronto)
2 latas de creme de leite gelado sem soro
3 colheres (sopa) de leite em pó
1 xícara (chá) de água
1 colher (sopa) de açúcar
1 pacote de biscoito champanhe (180g)
2 xícaras (chá) de doce de leite cremoso para decorar


Modo de preparo

No liquidificador, bata o leite condensado, as gemas, o leite e o amido de milho.
Transfira para uma panela e leve ao fogo baixo, mexendo até engrossar.
Retire do fogo e reserve.
Bata no liquidificador o doce de leite e o creme de leite até ficar cremoso.
Reserve.
Em um prato fundo, misture o leite em pó, a água, o açúcar e umedeça os biscoitos nessa calda.
Em um refratário médio, intercale camadas de creme branco, de biscoitos umedecidos e de creme de doce de leite, terminando em creme de doce de leite.
Decore com o doce de leite cremoso e leve à geladeira por 4 horas antes de servir.

Dica: Use um saco de confeitar com bico pitanga para dar o formato de gotinhas ao doce de leite da decoração do pavê.

Rendimento: 6 porções


CUIDADOS ESPECIAIS COM AS MÃOS




Assim como o rosto, as mãos ficam expostas 24 horas por dia, sem nenhuma proteção. É sol, vento, poluição, frio, calor. Além disso, para piorar, as mãos ainda sofrem um desgaste tremendo proveniente do contato quase que diário com produtos químicos como detergente, sabão em pó e alvejantes. E até mesmo situações que pensamos ser benéficas, podem representar riscos. Um bom exemplo é lavar as mãos além do necessário. “É bom evitar lavar as mãos com tanta frequência para que elas não fiquem ainda mais ressecadas. Se não for possível, dê preferência para os sabonetes líquidos hidratantes, já que as versões em barra ressecam mais a pele, pois contêm mais produtos químicos abrasivos”, alerta a dermatologista Mônika Brandão, do Rio de Janeiro, que é membro das Sociedades de Dermatologia Brasileira e Americana.


Bom mesmo é eliminar todo e qualquer desgaste que seja fácil de evitar. “A pele das mãos tende a envelhecer mais rapidamente do que a do rosto, por exemplo, já que a derme dessa região é constituída por fibras colágenas mais finas e por isso o grau de flacidez  é mais intenso se comparado com o restante do corpo”, destaca Mônika. “Além disso, é uma das áreas do corpo que mais ficam expostas ao sol, o que favorece um envelhecimento mais acelerado”, lembra a médica carioca.


A mesma consciência que as pessoas têm para tratar do rosto deveria ser estendida para o cuidado das mãos. De acordo com a dermatologista Roberta Vasconcelos, pesquisadora do ambulatório de Dermatologia do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, não existe uma idade padrão a partir da qual as pessoas deveriam começar os cuidados com essa região. “Mas no momento em que a pessoa decide cuidar do rosto para evitar o envelhecimento, ela deveria se preocupar igualmente com as mãos, pois são as áreas que mais sofrem com a exposição solar e que, consequentemente, acabam formando rugas, manchas e perdendo a elasticidade mais precocemente, ficando com um aspecto mais envelhecido”, explica a especialista.


Cosméticos: bons aliados


Na lista de cosméticos que podem ajudar no combate ao envelhecimento das mãos não pode faltar dois produtos essenciais: o filtro solar e o hidratante. Mas isso não significa que os benefícios de um creme rejuvenescedor ou com propriedades clareadoras, por exemplo, estão descartados. Tudo vai depender da necessidade da pele. “Os hidratantes protegem contra os agressores mais comuns, pois funcionam como uma barreira protetora e reduzem o nível de ressecamento da cútis. Os rejuvenescedores melhoram a textura e os clareadores atenuam manchas e mantêm a pele com um tom uniforme”, explica o dermatologista Luiz Roberto Terzian, membro e conselheiro das Sociedades Brasileiras de Dermatologia e de Cirurgia Dermatológica.


Mas para saber exatamente qual o melhor para cada caso, o ideal é consultar um dermatologista. “Não existe um padrão de ativos que favoreça especificamente as mãos nem que seja indicado para qualquer pessoa. É importante para a escolha de uma ou outra substância avaliar a idade da paciente, o tipo de pele e o grau de envelhecimento já instalado para decidir qual ativo deve ser usado”, ressalta Roberta Vasconcelos.


O poder das luvas


O hábito de usar luvas pode amenizar, e muito, o desgaste das mãos – tanto nos afazeres domésticos como nas atividades ao ar livre por períodos prolongados. “As luvas ajudam sempre, elas são grandes aliadas na prevenção de problemas como ressecamento e irritação, assim como o próprio desgaste em longo prazo”, alerta Luiz Roberto. “Vale lembrar que a luva ideal para as tarefas de casa é aquela forrada com algodão por dentro, para evitar sensibilização pela borracha, e que fica na altura dos cotovelos. Os modelos muito curtos permitem que gotas de água com produtos químicos entrem na luva e acabem causando ainda mais irritação pelo calor das mãos e pela oclusão”, sugere Roberta. “Outra opção é colocar uma luva de algodão por baixo da tradicional, de borracha, para evitar a umidade excessiva, que acaba se instalando por conta do suor produzido pela falta de ar”, complementa Terzian.


Além de protegerem contra produtos químicos, as luvas podem ser também uma eficiente barreira física contra o sol. “Nas atividades ao ar livre onde a exposição solar seja intensa é indicado usar uma luva com tecido próprio para proteção solar”, destaca Roberta Vasconcelos.


Há muitos modelos disponíveis no mercado que permitem a transpiração, sem causar calor excessivo, e ainda contêm propriedades bactericidas, fatores que prezam o frescor e a higiene. “Para esses casos, geralmente as pontas dos dedos ficam descobertas, o que pode deixar essas regiões expostas mais envelhecidas, mas no geral a prevenção é bem eficaz, já que o que chama mais a atenção é o dorso das mãos”, lembra o dermatologista Luiz Roberto Terzian.


O sol, sempre ele


Como não podia deixar de ser – já que elas ficam excessivamente expostas – o sol é o maior inimigo das mãos. “É ele o grande culpado pela formação de manchas, flacidez, rugas, aspereza e, em um grau mais avançado de exposição, tumores benignos e malignos”, resume Luiz Roberto Terzian. Portanto, só tem uma maneira de amenizar a causa desses problemas: utilizando diariamente o protetor solar. “O sol é um dos fatores mais ligados ao envelhecimento da pele. As manchas escuras nas mãos, conhecidas como manchas senis são, na verdade, manchas causadas pela exposição solar do dia a dia de uma vida inteira. Além disso, aquele aspecto de pele menos elástica e com sulcos marcados que vemos nas mãos das pessoas idosas também é resultado de contato com o sol”, justifica Roberta Vasconcelos. Sendo assim: “o uso do filtro solar é a forma mais importante de prevenir o envelhecimento prematuro das mãos”, resume Mônika Brandão. 


Para saber o fator de proteção mais adequado, uma boa referência é o rosto, isto é, deve-se usar o mesmo FPS da face – que geralmente não deve ser mais baixo do que 30. Outra recomendação dos especialistas é aplicar pelo menos duas vezes por dia: pela manhã, antes de sair de casa, e na hora do almoço (antes de ir para a rua). “É importante também que o protetor solar tenha proteção contra os raios UVA”, evidencia Luiz Roberto, se referindo aos raios que são mais constantes tanto no horário quanto na época do ano, ou seja, atingem a pele praticamente da mesma forma no verão e no inverno.


Como combater o problema


Conheça, os tratamentos mais eficazes, sugeridos por especialistas, no combate ao envelhecimento precoce, flacidez, manchas e perda da elasticidade. A frequência das sessões e o intervalo entre elas vão depender de cada caso:


Peelings físicos: Atenuam rugas finas e sinais de envelhecimento prematuro. Geralmente são os de Cristal e de Diamante. Promovem uma esfoliação mecânica moderada da superfície da pele e têm ação mais discreta que os peelings químicos, mas podem ser associados a esses para intensificar o efeito de ambos






Luz intensa pulsada Ideal para tratar manchas e estimular o colágeno, melhorando também a flacidez. Quando associada aos peelings químicos intensifica o efeito dos dois métodos no tratamento das manchas, flacidez, fragilidade da pele e melhora da textura
Cauterização Pode ser química ou elétrica e tem como objetivo a destruição de manchas mais profundas e dos tumores superficiais da pele, como as queratoses. Pode ser feita com ácidos (química), bisturi elétrico (eletrocauterização) ou com laser ablativo


CO2 fracionado: Reduz rugas e dá uma revigorada na pele. Por se tratar de um laser que consegue atingir camadas mais profundas da pele estimula a produção do colágeno, uma das fibras de sustentação da derme
Preenchimentos cutâneos Tornam os vasos, tendões e ossos menos visíveis melhorando consideravelmente o aspecto geral das mãos. São feitos com substâncias injetáveis como o ácido hialurônico e hidroxiapatita de cálcio que preenchem a camada abaixo da pele. Indicados para pacientes que tenham mãos murchas e com pele flácida. O efeito dura em média um ano, ao final desse período a substância utilizada é completamente absorvida pelo organismo, sem causar mal algum.

12 de set de 2011

RECEITA DE ALICHELA

Ingredientes

2 dentes de alho
Sal e pimenta do reino
20g de filés de anchovas
1/2 xícara (chá) de salsinha picada
1/3 xícara (chá) de azeite


MODO DE PREPARO


Em um recipiente, coloque o alho, o sal, e os filés de anchovas.
Amasse bem todos os ingredientes até obter uma pasta homogênea.
Adicione a salsinha e alternadamente o azeite, amassando sempre.
Tempere com a pimenta do reino e, se necessário, mais sal e sirva com pão italiano ou torradas.


Dicas para ter estilo.




A adolescência é uma etapa de transição entre a infância e a vida adulta. Nessa fase o corpo se transforma e o comportamento começa a mudar. Os adolescentes não querem ser tratados como crianças, mas seu grau maturidade ainda não permite a responsabilidade dele a um adulto. Isso é muito comum, especialmente quando se trata das meninas.


É nessa idade que elas começam a se interessar por coisas que fazem parte do mundo feminino, como maquiagem e roupas que combinem com um novo estilo, mas próximo de o de uma mulher. Entretanto, não é o vestuário adulto que elas querem – precisam de algo que se distancie das roupas infantis, mas que seja coerente com sua personalidade jovial.
A peça mais feminina do guarda-roupa de uma mulher ou garota, sem dúvidas é vestido. É claro que o modelo usado vai depender muito do estilo da menina em questão e da ocasião. As garotas de hoje costumam se inspirar em suas musas – cantoras e atrizes teen que influenciam multidões de meninas, loucas para fazer parte desse mundinho fashion.


As garotas prezam pelo conforto, gostam de ser mais discretas e ainda assim não deixam a feminilidade de lado, podem ter como referência a cantora e atriz Vanessa Hudgens. A moça é delicada e abusa dos curtinhos e soltos do corpo durante o dia e em ocasiões não formais. Praticidade é a palavra-chave. As cores são mais suaves e sóbrias e as estampas, mais românticas. Para eventos mais chiques, ela continua com os curtos, mas prefere as cores neutras como preto ou nude, e investe em brilhos e cortes mais ousados, como os modelos de um ombro só.

Meninas com um estilo mais despojado podem adotar o visual de Ashley Tisdale durante o dia. Os vestidos estampados com motivos psicodélicos, com referências nas décadas de 70 e 80, são alguns dos preferidos da musa teen. Eles são soltinhos e confortáveis, sempre em comprimentos curtos. Quando o assunto é festa, o estilo da moça pode ser seguido por aquelas que querem um pouco mais de glamour. Os modelos são sofisticados e não tão curtos e, quase sempre bordados com paetês. Ashley também gosta dos balonês, compondo um look mais retrô.


As adeptas de um estilo básico podem ter como referência os looks versáteis e confortáveis de Hilary Duff. Durante o dia, a atriz investe em produções em que predominam as cores neutras, mas nas estações mais quentes também adota tons mais vivos e ousados. Quando a ocasião exige visuais mais formais, ela opta pela elegância, mais sem perder a jovialidade – o que é imprescindível para uma adolescente. Os vestidos podem ser feitos de tecidos brilhantes, em cores neutras, como o preto, ou mais ousadas, como o vermelho. Os modelos são mais curtos e ajustados ao corpo, sem serem necessariamente colados.

O estilo delicado e extremamente feminino da jovem cantora Taylor Swift também pode servir de inspiração. Para o dia seus vestidos são mais soltinhos, em tecidos bem leves e cores adocicadas. Durante a noite, faz uma linha mais clássica. Seus vestidos não são tão curtos; ficam um pouco acima dos joelhos, com babados e drapeados discretos. Algumas vezes aposta nos brilhos e modelos mais contemporâneos. Quando opta por vestidos mais curtos, acerta ao escolher cores mais clássicas, como o preto.
E se durante o dia elas não usam tantos vestidos assim, para a noite, Selena Gomez, Avril Lavigne, Demi Lovato e Miley Cyrus podem ser ótimas inspirações. Selena usa os comprimentos mini em cores mais neutras ou azul. Aplicações, brilhos e drapeados estão sempre presentes nos vestidos da atriz.
Os vestidos de Avril Lavigne são para as meninas de atitude, que gostam de um pouco de rebeldia. A cantora aposta nos modelos com decote tomara-que-caia, usando muito preto, saias godê e tule. Ela consegue vestir modelos clássicos e sofisticados mantendo o estilo que a caracteriza.
Demi Lovato prefere os vestidos mais curtos, mas discretos e harmoniosos. Em geral, têm a cintura marcada.Os modelos usados pela cantora e atriz têm ares retrô e são extremamente femininos. São ideais para as meninas que gostam do estilo inspirado nos brechós.

Miley Cyrus opta sempre pela elegância e pelo bom gosto. A moça gosta de usar os vestidos da moda, com paetês e tecidos brilhantes. Os modelos são, na maior parte das vezes, curtos, coloridos ou estampados e bem compatíveis com a idade. Ela também usa vestidos em tons pastel. Os balonês e tomara-que-caia são modelos que a atriz gosta bastante.
Garotas adolescentes devem investir em visuais mais leves, com vestidos que não as deixem com ares infantis, mas também não façam com que aparentem muito mais idade. É importante aliar aos vestidos acessórios compatíveis com o estilo e preferir uma maquiagem mais suave e delicada.

FONTE:Beleza Adolescente

RECEITA: CAPELLE DI FUNGHI AO FORNO

Ingredientes

8 cogumelos shiitake grandes, lavados e sem cabo
Manteiga
Salsa e manjericão picados juntos
Azeite de oliva
Sal, pimenta moída na hora
Farinha de rosca


MODO DE PREPARO


Unte os cogumelos com manteiga e grelhe.

Polvilhe um prato refratário com farinha de rosca e arrume os cogumelos.


Tempere com a salsinha, manjericão, sal e pimenta.


Regue com azeite e leve ao forno bem quente.


Rendimento: 4 porções